O futuro é cada vez mais ao vivo

10.09.2018

 

 

Transmitir vídeo ao vivo não é mais a próxima onda.

É a realidade de hoje para streamers e youtubers

 

A novidade veio lá da praia. Ou de perto dela. Do mar da Califórnia, do Vale do Silício, onde Facebook, YouTube, Netflix, Amazon e Twitter ditam o ritmo do consumo, monopolizam as verbas publicitárias e apontam o vídeo como principal meio contemporâneo de se comunicar; e do Mar da Galileia, em Israel, onde a LiveU inventou e aprimorou seus mochilinks, e os principais departamentos de inovação do mundo incrementam a cada dia as técnicas de produção audiovisual ao vivo.

 

Transmitir vídeo ao vivo não é mais a próxima onda. É a realidade de hoje para streamers e youtubers, que produzem milhares de horas de conteúdo ao vivo por dia e geram cada vez mais engajamento, tanto na página ou no canal de uma pessoa como na fanpage de uma marca. Estas últimas dançam conforme a música. Ações de branding se multiplicam nas redes, com um conteúdo atraente – como fizeram o Shoptime e o Magazine Luiza.

 

Já os youtubers nascem com boas ideias. Felipe Neto e seu irmão Luccas atraem centenas de milhares de views simultâneos, atingindo picos que superam a audiência de blockbusters do cinema. Fazendo conteúdo que aproveita a sazonalidade, como a segunda tela do Oscar, Felipe e outros criadores, a despeito das críticas, viraram mídia. E do tipo que atrai anunciantes.

 

Por fim, o novo esporte ao vivo. Grandes clubes investem em conteúdos que antes não existiam, como os bastidores de uma partida, e conseguem ótima audiência. Confederações e federações transmitem no digital as partidas que não interessam às televisões. E as próprias emissoras se estruturam para produzir mais jogos dos campeonatos dos quais têm os direitos de transmissão.

 

Temos convicção de que o vídeo ao vivo de qualidade é aquele que gera credibilidade, perenidade e dá mais resultado. E é por isso que convidamos você a mergulhar neste universo com a gente.

 

Seja bem-vindo. A vida acontece ao vivo!

 

Share on Facebook
Please reload

MAIS POSTS
Please reload

PROCURAR POR TAGS